ABAIXO-ASSINADO EM FAVOR DO CARTÃO MATERIAL ESCOLAR

Todo início de ano acontece a mesma coisa: a imprensa denuncia atrasos na entrega, falta de itens e casos de corrupção em licitações de material escolar. A solução para esse problema corriqueiro é o Cartão Material Escolar (CME). O CME é um cartão de débito pré-pago, disponibilizado pelos governos aos pais de alunos da rede pública, que visa a compra exclusiva de material escolar diretamente nas papelarias cadastradas nas Associações Comerciais ou Sindicatos do Comércio Varejista. A implantação do CME permite a eliminação de licitações fraudulentas e a garantia de material de boa qualidade, o aumento da autoestima do aluno que, ao comprar o seu próprio material escolar, insere-se melhor na sociedade ao deixar de utilizar o kit de licitação (tratado como sinônimo de estudante de baixa renda), o fomento da economia dos municípios, gerando empregos e renda: o dinheiro da cidade fica na própria cidade. 

Por isso que a ABIGRAF NACIONAL, em conjunto com a ABFIAE (Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares) e a ADISPA (Associação Brasileira dos Distribuidores de Papelaria) lançaram um abaixo assinado em todo o país para que os governos adotem o cartão material escolar o quanto antes.

Em 2019, muitos alunos da rede pública de ensino no Brasil já foram beneficiados pelo Cartão Material Escolar. Em Brasília, Distrito Federal, foram milhares de estudantes. Há 04 anos, o estado do Maranhão anunciou a adoção do CME, que apenas em 2019 já beneficiou mais de um milhão de estudantes em dezenas de cidades do Estado. Algumas cidades de menor porte também já utilizam ou utilizaram o CME com sucesso e total aprovação de todos os segmentos da sociedade.

“O cartão material escolar possibilita ao aluno escolher os produtos que deseja e, com isso, faz com que o cuidado com o material seja muito maior, além de fomentar o comércio local e incrementar as vendas dos pequenos empresários donos de papelarias”, explica Ricardo Carrijo, diretor de Interiorização da ABIGRAF SP e de Relações Institucionais da ABFIAE. Participe dessa iniciativa, assinando e compartilhando nosso abaixo assinado através desse link.