EFI apresenta na Sign Expo novas impressoras e software para sinalização

De 21 a 23 de abril, a Electronics For Imaging (EFI) exibiu quatro novas impressoras destinadas ao segmento de sinalização, durante a ISA International Sign Expo de 2016, em Orlando, Miami.

A EFI realizou o lançamento norte-americano da nova série de impressoras VUTEk FabriVU, de tinta com base em água para sinalização eletrônica, além de um software avançado para fluxo de trabalho, que amplia o alcance das tecnologias do Productivity Suite da EFI para o mercado de gráficos de mostruário.

Entre as impressoras estão a jato de tinta LED híbrida de bobina/mesa de 3,2 metros da EFI VUTEk LX3 Pro, com processamento rápido de até 318 metros quadrados (3.420 pés quadrados) por hora. A LED EFI Quantum LXr é uma impressora bobina a bobina que oferece maior gama de substratos, gerando imagens de 7 picolitros e resoluções de impressão de até 1.200 dpi em quatro cores, com opção de branco. A EFI H1625-SD é uma impressora de produção básica UV híbrida de 65 polegadas que usa a tinta premiada EFI SuperDraw UV para produzir com qualidade de imagem quase fotográfica diretamente em substratos de termoformagem. Ela funciona com quatro cores, além do branco, e imagens em escala de cinza de alta qualidade. Finalmente, a EFI VUTEk FabriVU 340 é uma impressora de tintas de sublimação em dispersão de 3,4 metros, desenvolvida pela EFI Reggiani, líder mundial em tecnologia de impressão têxtil com base de água, sediada na Itália e adquirida pela EFI em 2015. A nova linha de produtos da FabriVU, também disponível em 1,8 metros, trabalha com tinhas ecológicas à base de água e ajuda os usuários a produzir sinalizações eletrônicas e banners de qualidade incrível.

Durante o evento, a EFI informou um recorde na receita do 1º trimestre, no qual a tecnologia de jato de tinta industrial foi a principal contribuinte, mostrando um crescimento de 44% nesse segmento da empresa, ou 47% sem o impacto da moeda. As empresas Reggiani e Matan têm sido elementos importantes para esse crescimento: se essas empresas fizessem parte da EFI no ano passado, a empresa teria apresentado baixo crescimento de dois dígitos no segmento de jato de tinta industrial. Mesmo sem as aquisições, o segmento de jato de tinta industrial da EFI teria presenciado um crescimento orgânico alto de um dígito sem levar em conta o efeito das taxas de câmbio estrangeiras.