Balança comercial do setor de árvores plantadas tem superávit de US$ 1,2 bilhão

O saldo da balança comercial do setor de árvores plantadas brasileiro totalizou US$ 1,2 bilhão no primeiro bimestre de 2016, e registrou alta de 35,2% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita de exportações de celulose, painéis de madeira e papel totalizou US$ 1,4 bilhão, crescimento de 19,7% na comparação com o mesmo período de 2015, quando o total foi de US$ 1,2 bilhão.

Ainda de acordo com a 22ª edição do Cenários Ibá, boletim mensal da Indústria Brasileira de Árvores, nos primeiros dois meses de 2016, o volume das exportações de celulose totalizou 2,2 milhões de toneladas, crescimento de 25,6% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram exportadas 1,8 milhão de toneladas. Em relação ao segmento de painéis de madeira, o volume exportado no primeiro bimestre do ano somou 124 mil m³, alta de 70% sobre o mesmo período do ano passado, quando as exportações foram de 73 mil m³. As exportações de papel se mantiveram praticamente estáveis no primeiro bimestre de 2016 e somaram 316 mil toneladas.

A produção brasileira de celulose atingiu 3 milhões de toneladas nos dois primeiros meses do ano, alta de 9,4% em relação ao mesmo período de 2015, quando foram produzidas 2,8 milhões de toneladas. A produção de papel totalizou 1,7 milhão de toneladas no primeiro bimestre de 2016, volume 1,4% maior na comparação com o mesmo período de 2015.

No primeiro bimestre de 2016, as vendas de papel no mercado doméstico atingiram 866 mil toneladas, crescimento de 3,6% em relação ao mesmo período de 2015. No segmento de painéis de madeira, as vendas no mercado interno atingiram 961 mil m³, volume 8% inferior na comparação com o mesmo período do ano passado.

Notícias Semelhantes

Vídeo sobre fabricação de papel da Suzano Papel e Celulose é destaque na internet

Cresce a importância econômica do setor florestal

Indústria global de base florestal se reúne na Austrália