Avery Dennison reforça seu compromisso com soluções sustentáveis

Como parte de seu compromisso com a política global de sustentabilidade, a unidade da Avery Dennison no Brasil também está apta a contribuir com os clientes no desenvolvimento de embalagens com um uso mais eficiente de recursos, que melhorem seu desempenho na cadeia de valor e que ajudem a atingir metas específicas de sustentabilidade em cada empresa. “Por isso, oferecemos diversas soluções sustentáveis que melhoram o impacto ambiental das embalagens. Além dos materiais com desempenho mais sustentável, também procuramos promover ações ambientalmente responsáveis”, explica Marcos Iorio, Gerente de Marketing.

Entre estas soluções, Marcos destaca o portfólio ClearIntent onde são encontradas diversas formas de melhorar a sustentabilidade dos rótulos e uma vasta seleção de produtos com esta orientação sustentável, entre frontais, adesivos e outras soluções. “Neste portfólio, os produtos e serviços promovem a sustentabilidade em uma ou mais destas três áreas: fonte responsável (papéis produzidos com madeira de florestas com certificação FSC), redução (tecnologias em adesivos como o ClearCut) e reciclagem (como a tecnologia ClearFlake).”

A Avery Dennison também disponibiliza para seus clientes a ferramenta de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV), Greenprint, que informa o impacto ambiental de um produto em seis categorias, desde a extração do material, passando pelo processo da Avery Dennison e seu impacto no pós consumo. A ferramenta é ideal para ajudar na tomada de decisões mais conscientes.

“Além disso, a planta de Vinhedo, no interior de São Paulo, trabalha norteada por dois pilares de sustentabilidade, economia de energia e aterro zero. Em 2015, o uso de energia por m2 foi 48,4% menor do que o registrado em 2007, ano no qual a empresa começou a investir globalmente no aumento da eficiência energética de seus processos de fabricação.” Marcos explica que este resultado foi possível graças ao aumento da eficiência produtiva (redução do número de paradas de máquina); implantação de tecnologias mais modernas de iluminação (lâmpadas de baixo consumo) e de aquecimento (queimadores a gás com melhor eficiência); e redução de perda térmica.

Sobre o aterro zero, de janeiro a setembro de 2016, a planta de Vinhedo desviou mais de 99% do descarte de resíduos dos aterros, sendo que a divisão Grupo de Materiais (responsável pela produção dos produtos de LPM - materiais para rótulos e embalagens - e Graphics Solutions – materiais para comunicação visual) reciclou, durante o ano, 316 toneladas de papelão, 284 toneladas de papel, 169 toneladas de plástico e 23 toneladas de metal, graças ao seu Programa de Reciclagem. “A reciclagem destes materiais significa, respectivamente, uma economia de 10,2 mil árvores, 15,9 milhões de litros de água, 3,4 mil barris de petróleo e 6,8 mil m3 de resíduos descartados em aterro”, celebra Mello.

O desempenho de melhorias sustentáveis da Avery Dennison foi igualmente positivo em todas as unidades na América Latina. Desviamos aproximadamente 86% de descarte de resíduos em aterros. Ao todo, o Grupo de Materiais na América Latina reciclou, durante 2016, 485 toneladas de papelão, 1.387 toneladas de papel, 226 toneladas de plástico e 25 toneladas de metal. Estes materiais reciclados representam uma economia de 33,4 mil árvores, 52 milhões de litros de água, 7,2 mil barris de petróleo e 12,9 mil m3 de resíduos descartados em aterro. A meta da empresa na América Latina é que em 2025 95% dos resíduos produzidos tenham um destino apropriado.

Notícias Semelhantes

Consumo consciente: Ibá defende a estruturação de políticas públicas

Setor de base florestal investe R$285 mi em ações socioambientais

Avery Dennison tem balanço positivo de reciclagem no 1º trimestre de 2016