01 de abril de 2015

Especial ExpoPrint Digital 2015

Indústrias gráficas de todo o país prestigiaram o evento

Entre os dias 18 e 21 de março, empresários gráficos de todas as regiões do país integraram as inúmeras caravanas organizadas pelas regionais da ABIGRAF para visitar e conhecer as novidades da ExpoPrint Digital Latin America, a maior feira de impressão digital do continente. A feira, que teve lugar no Expo Center Norte, na capital paulista, foi realizada pela Afeigraf – Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica, com organização da APS Feiras & Eventos e apoio da ABIGRAF Nacional, ABTG, ABIGRAF-SP e do SINDIGRAF-SP, que participaram com estande próprio, compartilhado com a campanha Two Sides Brasil e Imprint.

A forte adesão da indústria gráfica não surpreendeu o presidente da ABIGRAF Nacional, Levi Ceregato: “Formamos um setor fortemente competitivo, sempre em busca de inovação e avanços tecnológicos. O parque gráfico brasileiro iguala-se aos melhores do mundo e o empresário gráfico nacional está consciente do grande desafio que é a reconquista da competitividade do setor. Temos que nos espelhar em países como os Estados Unidos, onde a indústria gráfica não trava suas batalhas por preço, mas, sim, pelo investimento em diferenciais que tornam seus produtos altamente desejáveis”, declarou ele.

Também para Alexandre Keese, diretor da APS Feiras, a presença maciça do setor evidenciou que a indústria gráfica vive um novo momento “Com equipamentos de impressão digital, o empresário pode buscar mercados antes inalcançáveis, como os trabalhos com baixas tiragens, dados variáveis e rótulos e impressão sob demanda. Avaliamos a feira como de grande valia para a indústria gráfica ”, comentou Keese.

Confira o que pensam algumas regionais da ABIGRAF que passaram por ali. Clique aqui e confira as fotos da feira.

Boas surpresas

Os associados da Seccional Bauru da ABIGRAF-SP surpreenderam-se com a diversidade de alternativas e novidades apresentadas pelos expositores para impressão nos mais diferentes tipos de suportes. “As reproduções, com ótimas definições, e a inserção de dados variáveis foram os destaques dessa edição da ExpoPrint Digital, assim como as inovadoras opções de acabamento, que valorizam ainda mais os materiais impressos”, afirmou o presidente da Seccional, Ricardo Carrijo.

Atentos a novas oportunidades de mercado

Os empresários gráficos da Seccional de Ribeirão Preto da ABIGRAF-SP compareceram em caravana para conhecer de perto as novas tecnologias e oportunidades de mercado. “A Expoprint trouxe novidades que atualizam as empresas para as novas exigências do mercado” afirmou o presidente da Seccional, Fabio Sarje.

Ampliando conhecimentos

A ABIGRAF-DF e o Sindigraf-DF, com apoio do Senai local, organizaram uma caravana com 40 empresários gráficos. O objetivo principal da visita foi a ampliação dos conhecimentos técnicos relativos aos processos de impressão digital, além da aproximação fornecedores e empresários de outras localidades do país. Na visão dos empresários do Distrito Federal, a missão serviu ainda para adicionar informações importantes ao planejamento estratégico das suas gráficas. “Foi muito produtivo. Vimos, na prática, a importância dessas tecnologias no processo produtivo”, disse o presidente da Regional, João Batista Alves dos Santos.

Expectativas confirmadas

A caravana organizada pela ABIGRAF-MG e o Sigemg reuniu 56 integrantes, entre empresários gráficos e representantes de fornecedores. Seu objetivo foi conferir as novidades e, segundo os organizadores, a expectativa se cumpriu graças à excelente estrutura da feira. Como saldo, os industriais gráficos mineiros constataram que o conjunto de serviços e produtos mostrados confirmou a importância da tecnologia digital para o novo mercado de impressão gráfica.

Enriquecimento pessoal e profissional

O sistema ABIGRAF-MS e Sindigraf-MS organizou uma caravana com 38 empresários, de oito municípios do Mato Grosso do Sul. “Ações como essa oportunizam momentos ímpares de enriquecimento pessoal e profissional, tanto pelo acesso aos avanços tecnológicos, quanto pela troca de informações e estreitamento dos laços”, avalia o presidente da Regional, Julião Flaves Gaúna. Outros ganhos apontados pelos empresários foram a possibilidade de se atualizar em relação ao mercado e de estabelecer um relacionamento mais próximo com fornecedores de produtos e serviços, geralmente muito distantes e inacessíveis para as gráficas locais.

Para uma ação mais criativa

A ABIGRAF-RS levou em sua caravana 40 empresários de 27 gráficas do estado. Seu objetivo foi colocar o empresariado gaúcho em contato com o que há de mais atual no mercado. “É um momento para buscar maior criatividade e inovação para o mercado gaúcho”, afirma o presidente da instituição, Ângelo Garbarski.

Uma vitrine de tendências

A ABIGRAF-SC promoveu duas caravanas, reunindo 51 empresários. De acordo com seu presidente, Cidnei Luiz Barozzi, as feiras são extremamente necessárias para dar a conhecer as novidades ao setor. “A ExpoPrint colocou na vitrine as tendências do mundo digital para os empresários gráficos. Agora, cabe às empresas fazerem suas opções e investimentos”, diz ele.

Noticias Relacionadas

27 de outubro de 2022

“O livro que nos une” – o encontro reúne editores, livreiros, distribuidores e gráficos conta com apoio do Sindigraf-sp e Abigraf-SP

O encontro realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL),  começou ontem (26), e reúne os mais importantes editores, livreiros, distribuidores e gráficos do país. A Abigraf-SP e o Sindigraf-SP são patrocinadores do evento.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Analista do mercado reduzem estimativa de inflação em 2022

Os economistas do mercado financeiro reduziram de 5,71% para 5,62% a estimativa de inflação para este ano. Esta foi a 16ª queda seguida da estimativa para a inflação de 2022.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Simples Nacional notifica empresas

Desde o dia 13 de setembro, o Comitê-Gestor do Simples Nacional encaminhou para as microempresas e empresas de pequeno porte notificações com relatório de pendências dos contribuintes junto à Receita Federal e à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (débitos inscritos em dívida ativa) e com o Termo de Exclusão do Simples Nacional em caso de não regularização.

Leia mais