06 de outubro de 2015

Fora da caixa

O terceiro dia do 16º Congraf foi inaugurado por Igor Quintella, professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), que garantiu uma injeção de ânimo para os empresários do setor ao afirmar que os vaticínios de que a mídia impressa vai acabar são simplistas e conformistas. Para ele, a mídia impressa é relevante na sociedade e o desafio da indústria gráfica é torná-la cada dia mais interessante para quem a acessa e para os anunciantes.

Exemplos? Ele citou pelo menos dois: anúncios comestíveis (criados para as marcas Bobs, Fanta e MTV) e a recente capa da revista Caras, Editora Abril, que teve um lencinho Johnson’s encartado, capaz de remover a maquiagem da modelo.

O cientista político Paulo Sérgio Rosa, diferentemente, não acredita em uma longa vida para a mídia impressa e alertou os industriais presentes a observarem e incorporarem as plataformas eletrônicas no dia a dia das suas empresas.

Encerrando o ciclo, o ex-capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais do Rio de Janeiro (Bope) e autor de Tropa de Elite, Rodrigo Pimentel, deu um show ao contar como foram superados os revezes que ameaçavam a realização do filme que se tornou um dos maiores sucessos brasileiros de bilheteria.

Noticias Relacionadas

27 de outubro de 2022

“O livro que nos une” – o encontro reúne editores, livreiros, distribuidores e gráficos conta com apoio do Sindigraf-sp e Abigraf-SP

O encontro realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL),  começou ontem (26), e reúne os mais importantes editores, livreiros, distribuidores e gráficos do país. A Abigraf-SP e o Sindigraf-SP são patrocinadores do evento.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Analista do mercado reduzem estimativa de inflação em 2022

Os economistas do mercado financeiro reduziram de 5,71% para 5,62% a estimativa de inflação para este ano. Esta foi a 16ª queda seguida da estimativa para a inflação de 2022.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Simples Nacional notifica empresas

Desde o dia 13 de setembro, o Comitê-Gestor do Simples Nacional encaminhou para as microempresas e empresas de pequeno porte notificações com relatório de pendências dos contribuintes junto à Receita Federal e à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (débitos inscritos em dívida ativa) e com o Termo de Exclusão do Simples Nacional em caso de não regularização.

Leia mais