30 de outubro de 2015

Imprint Brasil na Flórida

O mercado americano está no foco do Imprint Brasil, projeto de apoio à exportação promovido conjuntamente pela ABIGRAF Nacional e Apex-Brasil. Em setembro, o projeto participou, juntamente com as empresas Dello, Confetti e Foroni, das rodadas de negociações da ECRM School & Office Supplies, no Rosen Centre Hotel, em Orlando, Flórida, centrada no mercado de material escolar norte-americano, principal importador dos cadernos brasileiros.

A segunda iniciativa acontecerá em novembro, entre os dias 16 e 18, durante a BTS Market Place, em Miami. O evento, organizado pela revista El Papel, visa promover interação comercial entre os participantes. Além do Imprint, marcarão presenças as empresas Bignardi, DAC, Dello, Confetti e Foroni.

Interessados em ingressar no Imprint devem contatar o projeto pelo telefone (11) 3232 4504 ou pelo e-mail imprint@imprintbrasil.com. Inicialmente, será feito um diagnóstico da maturidade exportadora da empresa aspirante e elaborado um plano de ação para inserção dos seus produtos no mercado internacional.

Noticias Relacionadas

27 de outubro de 2022

“O livro que nos une” – o encontro reúne editores, livreiros, distribuidores e gráficos conta com apoio do Sindigraf-sp e Abigraf-SP

O encontro realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL),  começou ontem (26), e reúne os mais importantes editores, livreiros, distribuidores e gráficos do país. A Abigraf-SP e o Sindigraf-SP são patrocinadores do evento.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Analista do mercado reduzem estimativa de inflação em 2022

Os economistas do mercado financeiro reduziram de 5,71% para 5,62% a estimativa de inflação para este ano. Esta foi a 16ª queda seguida da estimativa para a inflação de 2022.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Simples Nacional notifica empresas

Desde o dia 13 de setembro, o Comitê-Gestor do Simples Nacional encaminhou para as microempresas e empresas de pequeno porte notificações com relatório de pendências dos contribuintes junto à Receita Federal e à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (débitos inscritos em dívida ativa) e com o Termo de Exclusão do Simples Nacional em caso de não regularização.

Leia mais