21 de julho de 2021

Ondas impressas! Produção e Venda versus Leitura: Retratos do Mercado Editorial

As últimas semanas foram pródigas em dados sobre o mercado editorial brasileiro, com a divulgação da pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro 2020, o lançamento da quinta edição do livro Retratos da Leitura no Brasil e a pesquisa sobre Conteúdo Digital. Neste episódio fazemos um comparativo entre os resultados das análises, apresentando ao ouvinte um painel atualizado do setor. Para isso, contamos com a participação de Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional do Editores de Livro, SNEL, editor e dono da Sextante, e de Mariana Bueno, economista da Nielsen Book.Eles avaliam os reflexos da pandemia no setor, como o crescimento da participação das livrarias exclusivamente digitais nos resultados das editoras, a compra de livros por impulso e os efeitos da ausência do PNLD literário. Tanto para Marcos quanto para Mariana, mesmo com o avanço da venda pela Internet, as lojas físicas continuarão como principal canal.

Financiamento coletivo! Apoie o Ondas Impressas! https://apoia.se/ondasimpressas

Email: ondasimpressaspodcast@gmail.com
Instagram e Linkedin – ondasimpressas

Noticias Relacionadas

27 de maio de 2022

Saiba mais sobre o Flexo & Labels no podcast Ondas Impressas

Em mais um episódio da Série Parcerias, no sétimo programa da terceira temporada do podcast Ondas Impressas, a jornalista Tânia Galluzzi e o consultor Hamilton Costa discutem as demandas do segmento de rótulos e etiquetas à luz da Flexo & Labels 2022, feira totalmente focada nesse setor.

Leia mais
27 de maio de 2022

Suspensão da liminar sobre IPI na Zona Franca de Manaus

Por ocasião do julgamento da Medida Cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 7.153 (ADI-MC nº 7.153)  o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes concedeu medida cautelar (clique aqui) que suspende os efeitos dos Decretos que reduziam as alíquotas de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).

Leia mais
27 de maio de 2022

Redução de 10% das alíquotas do imposto de importação

Foi publicada a Resolução GECEX nº 353 / 2022, que em seu anexo único altera a Resolução GECEX nº 272 / 2021, concedendo a redução temporária das alíquotas do Imposto de Importação até 31/12/2023.  O governo federal decidiu reduzir em mais 10% as alíquotas do Imposto de Importação sobre 6.195 códigos tarifários da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM).

Leia mais