31 de março de 2017

Presidente da ABIGRAF Nacional participa de encontro na FIESP

“Oportunidades de Investimentos em Portugal” realizada no dia 22 de março no Edifício Sede da FIESP.

No último dia 22 de março, o Presidente da ABIGRAF Nacional e do Sindigraf-SP, Levi Ceregato, participou do Seminário “Oportunidades de Investimentos em Portugal”.

Promovido pela FIESP, o evento visa a aproximação de empresários brasileiros junto ao Governo Português, que por sua vez, incentiva e apoia o investimento em diversas frentes, além de oferecer todo apoio para a comercialização de produtos em toda a Europa.

Em seu pronunciamento, Levi Ceregato, parabenizou a iniciativa da Federação e do Governo, e se comprometeu em levar o projeto para conhecimento das indústrias gráficas brasileiras. Também participou do evento, o advogado tributarista Marcelo Salomão, CEO da Brasil Salomão e Matthes Advocacia.

Foto: Levi e Jorge Costa Oliveira, Secretário de Estado da Internacionalização do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal

Noticias Relacionadas

27 de maio de 2022

Saiba mais sobre o Flexo & Labels no podcast Ondas Impressas

Em mais um episódio da Série Parcerias, no sétimo programa da terceira temporada do podcast Ondas Impressas, a jornalista Tânia Galluzzi e o consultor Hamilton Costa discutem as demandas do segmento de rótulos e etiquetas à luz da Flexo & Labels 2022, feira totalmente focada nesse setor.

Leia mais
27 de maio de 2022

Suspensão da liminar sobre IPI na Zona Franca de Manaus

Por ocasião do julgamento da Medida Cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 7.153 (ADI-MC nº 7.153)  o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes concedeu medida cautelar (clique aqui) que suspende os efeitos dos Decretos que reduziam as alíquotas de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).

Leia mais
27 de maio de 2022

Redução de 10% das alíquotas do imposto de importação

Foi publicada a Resolução GECEX nº 353 / 2022, que em seu anexo único altera a Resolução GECEX nº 272 / 2021, concedendo a redução temporária das alíquotas do Imposto de Importação até 31/12/2023.  O governo federal decidiu reduzir em mais 10% as alíquotas do Imposto de Importação sobre 6.195 códigos tarifários da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM).

Leia mais