15 de agosto de 2016

Walter Vicioni visita Escolar Office Brasil

O sistema educacional brasileiro entra em pauta na Escolar Office Brasil. Walter Vicioni, diretor regional do SENAI-SP e superintendente do SESI-SP, esteve na feira antes de inciar sua palestra no 3º Seminário de Educação.

Com atuação no SENAI e SESI desde 1970, Vicioni, que já passou por mais de 330 escolas, antecipou o panorama do painel Que Educação Queremos?. “O tema Educação nunca pode sair do radar de discussões da sociedade. O Brasil sofre de um problema há muito tempo: a manipulação política do setor educacional. Precisamos repensar sobre os caminhos que asseguram à escola ser uma ferramenta de desenvolvimento social”, comentou.

O 3º Seminário de Educação é uma iniciativa da Francal Feiras em parceria com a Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (ABIGRAF-SP), com curadoria do Instituto Cultural Lourenço Castanho (ICLOC) e apoio institucional e divulgação do Sieeesp – Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo.

Fonte: Primeira Página

Noticias Relacionadas

27 de outubro de 2022

“O livro que nos une” – o encontro reúne editores, livreiros, distribuidores e gráficos conta com apoio do Sindigraf-sp e Abigraf-SP

O encontro realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL),  começou ontem (26), e reúne os mais importantes editores, livreiros, distribuidores e gráficos do país. A Abigraf-SP e o Sindigraf-SP são patrocinadores do evento.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Analista do mercado reduzem estimativa de inflação em 2022

Os economistas do mercado financeiro reduziram de 5,71% para 5,62% a estimativa de inflação para este ano. Esta foi a 16ª queda seguida da estimativa para a inflação de 2022.

Leia mais
27 de outubro de 2022

Simples Nacional notifica empresas

Desde o dia 13 de setembro, o Comitê-Gestor do Simples Nacional encaminhou para as microempresas e empresas de pequeno porte notificações com relatório de pendências dos contribuintes junto à Receita Federal e à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (débitos inscritos em dívida ativa) e com o Termo de Exclusão do Simples Nacional em caso de não regularização.

Leia mais